Fiéis amigos…

Publicado em Atualizado em

A propósito do convite lançado no Dia do Animal, a turma 7ºE deu-nos a conhecer os seus amigos de estimação, fazendo dos mesmos uma breve descrição e dando-nos a conhecer, em Português e Inglês, algumas curiosidades sobre os mesmos.

Com passos musicais

Publicado em Atualizado em

Por estes dias, temos celebrado a música, bálsamo para a nossa alma, em companhia de tantas turmas que nos têm visitado, do 5º e 6º anos.

Numa articulação entre a disciplina de Educação Musical e a Biblioteca Escolar, um tempinho diferente, em companhia de livros/histórias que abordam o tema, de instrumentos que a executam (“clássicos” e tradicionais), de equipamentos que permitem ouvi-la e que ilustram outras eras (dando conta da evolução ocorrida) e de momentos de partilha, entre os presentes e entre gerações, já que terminamos com uma mensagem passada por colegas que já frequentaram este Agrupamento e cujas vidas se cruzam, de forma mais ou menos profissional, mas sempre intensa, com esta expressão artística..

Desafio: Segredos de uma Biblioteca

Publicado em Atualizado em

Dando continuidade a uma atividade iniciada no ano letivo anterior, dirigida às turmas do 2º ciclo e no âmbito da área das Ciências, vimos este ano propor novos desafios que permitam adquirir e/ou consolidar conhecimentos.

Para tal, propomos que leias a introdução que se segue, sigas a pista do QR Code (leitura com APP do telemóvel) e respondas à questão do mês.

As respostas devem ser enviadas para o email das bibliotecas (biblioteca@aejics.org) com a devida identificação do participante (nome, ano e turma). Será vencedor do mês o primeiro a responder acertadamente.

Mês de outubro

Vivemos um momento, esperemos que único na nossa vida. Um tempo em que perante uma ameaça à nossa existência temos que recorrer a tudo o que a Ciência nos tem ensinado para combater este inimigo – o COVID.

Neste contexto, a questão deste mês é:

DIZ O NOME DE DOIS METAIS QUE, EM CONTATO COM UM VÍRUS, TÊM A CAPACIDADE DE DESTRUÍ-LO?

A importância da música na minha vida…

Publicado em Atualizado em

Foi pedido a vários ex-alunos da nossa escola que partilhassem com os nossos atuais alunos a importância que a música tem nas suas vidas. São vídeos curtos, produções caseiras, enviados com toda a boa vontade dos nossos “desafiados”. A todos os que acederam ao nosso pedido, um muito obrigada pela disponibilidade demonstrada e votos de felicidades, a título pessoal e profissional. Bem hajam!

Para ouvir, clique no link abaixo de cada nome.

Made with Padlet

Dia do Professor

Imagem Publicado em

Dia Mundial do Animal

Publicado em

Um dia que não queremos deixar passar, para homenagear ou, para quem quiser, apresentar no Facebook da BE o seu fiel amiguinho, ou ainda para ajudar os animais que não tiveram a sorte de ter uma família que os acolhesse, cuidasse e protegesse.

Convidamos todos os que queiram a apresentar o seu animal de estimação. Quem quiser, poderá publicar uma foto, uma breve descrição e alguma curiosidade sobre o seu gato, cão peixe, ave, camaleão, cobra… o que for!

A biblioteca aliou-se à disciplina de Educação para a Cidadania e ajudará a divulgar uma campanha de angariação de comida para cães para doar ao canil municipal. Assim, pede-se a colaboração de todos os que possam e queiram ajudar (a informação consta do cartaz).

Ainda como sugestão, ficam algumas propostas de livros apaixonantes sobre histórias com animais…

Dia Mundial da Música

Publicado em

“A música é o vínculo que une a vida do espírito à vida dos sentidos. A melodia é a vida sensível da poesia.” (Ludwig van Beethoven)

E deste modo, associamo-nos também neste Dia Mundial da Música à celebração dos 250 anos do nascimento de um dos maiores compositores de todos os tempos, Beethoven. Que será evocado nos Programas de algumas salas do país que já recuperaram a atividade: Centro Cultural de Belém, Gulbenkian, Teatro S. Luís, entre outras.

Na nossa escola, à semelhança do que já tem vindo a acontecer nos últimos anos, também iremos celebrar a Música ao longo da primeira quinzena de outubro, numa articulação entre a Biblioteca Escolar e o grupo de Educação Musical. As atividades serão dirigidas aos 5º e 6º anos e reservamos algumas surpresas (que iremos partilhar) proporcionadas por vários ex-alunos para quem sabemos que a música desempenha um papel importante.

Feliz Dia da Música para todos!

Dia Europeu das Línguas

Publicado em

Mais uma vez, a 26 de setembro assinala-se o Dia Europeu das Línguas. Na nossa escola, o Departamento de Línguas e a Biblioteca Escolar fazem questão de o recordar através de algumas iniciativas tais como a elaboração e divulgação de cartazes digitais, bem como da divulgação de alguma informação/curiosidades sobre as línguas faladas na Europa.

A propósito, aqui ficam algumas dessas informações e curiosidades…

Línguas europeias – três grandes famílias: germânica, românica e eslava. 

Línguas românicas: o italiano, o francês, o espanhol, o português e o romeno, entre outras. Por isso, tantas palavras semelhantes (exemplos, respetivamente: pane, pain, pan, pão, pâine).

Línguas germânicas: o dinamarquês, o norueguês, o sueco, o islandês, o alemão, o neerlandês, o inglês e o ídiche, entre outras. 

Línguas eslavas: o russo, o ucraniano, o bielorusso, o polaco, o checo, o esloveno, o sérvio, o croata, o macedónio, o búlgaro e outras. 

A maioria das línguas europeias usam o alfabeto latino.  

Algumas línguas eslavas utilizam o alfabeto cirílico  

A Rússia (148 milhões de habitantes) tem de longe o maior número de línguas faladas no seu território. Vogais russas: а о э у ы и е ё ю я  

O grego (Α α β γ δ ε ϝ ζ η θ ϑ…), o arménio, o geórgico e o ídiche usam os seus próprios alfabetos. 

No Luxemburgo, por exemplo, com apenas 613 894 habitantes, existem três línguas oficiais: o luxemburguês, o alemão e o francês. Quase arriscamos dizer quatro, uma vez que representando a comunidade portuguesa 15,2% da população, o Português ecoa pelo país.

Em Portugal, para além do Português, existe ainda, como língua oficial, o Mirandês e dialetos como o Sendinês, o Guadramilês e o Rio-Donorês, «falares» que se situam na zona Nordeste de Portugal junto à fronteira com Espanha. Além disso, há ainda que referir o Mindérico. O Minderico ou Piação dos Charales do Ninhou (língua dos habitantes de Minde) é a variante linguística falada em Minde desde o século XVIII. Utilizada por um grupo restrito, era um sociolecto. Está ameaçado de extinção e tem duas variantes regionais: a de Minde e a de Mira de Aire.

Dia Europeu do Desporto Escolar

Publicado em Atualizado em

Será que o exercício físico pode contribuir para o sucesso escolar?

A resposta, sem sombra de dúvida, é: sim!

E a comprová-lo estão estudos realizados no nosso país (bem como em diversos outros países), por uma equipa de investigadores da Faculdade de Motricidade Humana, da Universidade Técnica de Lisboa. As conclusões demonstram que os alunos que praticam atividades físicas com mais frequência têm uma melhor preparação cardiorrespiratória e, consequentemente, maior sucesso escolar.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda uma hora de exercício físico por dia, no mínimo, para crianças e jovens. E os benefícios associados? Vários, que se repercutem nos resultados escolares. De que forma?…

  1. Favorece o desenvolvimento cognitivo;
  2. Reduz os níveis de stresse e ansiedade;
  3. Melhora a capacidade de concentração;
  4. Melhora a autoestima (melhoria da forma física e da perceção da imagem corporal; contribui para um sentimento de integração; favorece relações de amizade; valorização por parte de colegas, pais, professores e treinadores; maior aceitação social.);
  5. Reforça a disciplina, o autocontrolo e o respeito;
  6. Reforça as competências de comunicação, entreajuda e trabalho cooperativo = espírito de equipa.

Deste modo, com estudos feitos e exemplos reconhecidos em diversos contextos e também no nosso Agrupamento (vários alunos têm dado provas dessa aliança de sucesso, traduzida na máxima latina do equilíbrio “mens sana in corpore sano” – mente sã em corpo são), seja onde/como for, preferencialmente com orientação de quem sabe, é tempo de nos pormos (também nós, claro!) em ação. E este ano, o tema do Mês Internacional da Biblioteca Escolar não poderia estar mais em consonância:

Neste dia, terá lugar na nossa escola um programa coordenado pelas professoras de Educação Física Sofia Carvalho e Cristiana Silva para assinalar a efeméride, visando promover a saúde e o bem-estar. Para tal, foi lançado o desafio à turma do 3º ano do Curso Profissional de Técnico de Informação e Animação Turística de organizarem uma atividade de animação desportiva, para públicos diferenciados (este ano com a particularidade da exigência de medidas de higiene e segurança e todos os cuidados a ter devido à pandemia Covid 19). Na nossa biblioteca, decorrerá um jogo virtual Kahoot com perguntas ligadas à Educação Física, ao Desporto e ao Dia Europeu do Desporto na Escola.

Com toda a certeza, um dia animado, no contexto das aulas de Educação Física.

“Partimos. Vamos. Somos.”

Publicado em

Mais um recomeço… Diferente de todos os outros que já experimentamos. Numa espécie de cenário surreal ou sobrenatural. O que temos e o que vivemos.

Começamos, mais uma vez, em tempo recorde, todos juntos, após um terceiro letivo extenuante, procurando operacionalizar as diretivas e orientações que chegaram, para não variar, ‘em cima do acontecimento’.

Fazemos todos os dias o melhor que é possível, sentindo que estamos numa corrida de obstáculos, de boca e olhos vendados, porque não sabemos onde está o perigo. Nesta altura, as nossas funções são acrescidas pelas inúmeras diligências que decorrem da necessidade de nos protegermos a todos e de tentar criar um clima propício à aprendizagem. Por isso, torna-se mais do que nunca importante aliarmos esforços e “remarmos no mesmo sentido”, desvalorizando tudo o que é de somenos importância e que possa colocar ainda mais barreiras num percurso já de si tão difícil.

Mas hoje é também (como deverá ser cada dia) o Dia Mundial do Sonho. Daí o verso escolhido para dar título a este artigo. De Sebastião da Gama, poeta e professor. Um verso de um poema de esperança, de determinação, embora as dúvidas, as dificuldades, a possibilidade de o concretizarmos ou não (sonho).

Este dia, criado em 2002 por um instrutor na Universidade de Columbia, tinha como objetivo incentivar a partilha de ideias, sonhos e recursos, formando sinergias que permitissem a realização de objetivos e de sonhos, contribuindo para a melhoria da comunidade mundial. Que melhor forma de começarmos se não com esta mensagem positiva, de incentivo e motivação?

Fiquemos também com a mensagem global de alguém (Sebastião da Gama) que refletiu sobre a nossa missão e que tão bem lhe soube dar expressão.

Pelo sonho é que vamos,
Comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não frutos,
Pelo Sonho é que vamos.

Basta a fé no que temos.
Basta a esperança naquilo
Que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
Com a mesma alegria,
Ao que desconhecemos
E ao que é do dia-a-dia.

Chegamos? Não chegamos?
-Partimos. Vamos. Somos.