Para convencer os mais céticos

Publicado em

Não desistimos ainda nem desistiremos nunca, razão para deixarmos aqui umas reflexões, em forma de imagem, já que a imagem e a palavra se conjugam tantas vezes numa união perfeita para veicular mensagens.

A todos, muitas e boas leituras, bom descanso e BOAS FÉRIAS!

Humor temático (ou matemático)

Publicado em

Para encerrar a rubrica, pois é tempo de ir recarregar baterias, aqui ficam mais umas brincadeiras temáticas e propostas de reflexão, com a matemática … e não só.

Respeito é bom e eu gosto

Publicado em Atualizado em

A propósito da iniciativa proposta pelas estruturas escolares BE, PES e SPO, articulada com a disciplina de Português e apresentada em turmas dos 10º e 11º anos do ensino regular e profissional, os alunos das turmas implicadas assistiram a uma apresentação, refletiram, apresentaram e defenderam as suas ideias e, como resultado, realizaram alguns trabalhos na disciplina de Português, que aqui se apresentam. Os trabalhos incidiram sobre alguns dos temas abordados, sempre em relação ao respeito por nós e pelo outro, como sejam a violência no namoro, infantil ou doméstica, ou a (des)igualdade de género. Um agradecimento à professora Madalena Vale pela partilha e aos alunos pela sua colaboração e reflexão. Esperamos, com estas ações, poder contribuir para uma maior consciencialização para estas questões e, em última instância, ajudar a mudar mentalidades e comportamentos.

Para aceder ao conteúdo, basta clicar na imagem apresentada abaixo de cada um dos trabalhos.

“Entre laços e nós” – trabalhos realizados

Publicado em Atualizado em

Quando se tem a autoestima baixa, pensamos que os outros são melhores, que não somos capazes… somos mais suscetíveis às observações dos outros e àquilo que pensam de nós. A autoestima baixa, além de causar sofrimento, é perigosa, sobretudo na adolescência em que se procura a identificação com o grupo em que se está inserido, havendo grande probabilidade de se anular o eu.

Daí ser tão importante o autoconceito. Sabermos olhar para dentro de nós, refletirmos sobre quem somos. Todos temos aspetos positivos que devem ser valorizados e aspetos menos bons que podem ser melhorados. Ter noção disso faz-nos ter uma autoestima equilibrada, respeitando-nos a nós mesmos e aos outros. Seremos mais felizes e teremos mais sucesso.

Refletindo sobre isto, três estruturas do nosso agrupamento uniram esforços para trabalhar estes aspetos nos nossos alunos – Projeto de Educação para a Saúde, Biblioteca Escolar e Serviço de Psicologia e Orientação.

Iniciamos este projeto no ano letivo 2019/2020 mas não o pudemos concluir devido às contingências derivadas da pandemia. Como acreditamos muito nele, não desistimos e demos continuidade neste ano letivo. Primeiramente foi realizada uma palestra para pais, depois foi enviada a proposta de operacionalização aos Diretores de Turma. Alguns manifestaram interesse em desenvolver esta proposta e participaram numa sessão promovida, onde se fez uma reflexão sobre o significado de autoconceito e autoestima e foram apresentadas dicas para estes temas serem trabalhados nos diferentes contextos.

Propusemos aos Diretores de Turma trabalharem o autoconceito e a autoestima com os seus alunos e realizarem um trabalho final – redação de um texto de apresentação da turma – “Uma mensagem para Marte”: “Quem somos nós?” no qual se faria a caraterização do grupo-turma / identidade coletiva.

Recebemos trabalhos muito especiais de diversas turmas. A todos os Diretores de Turma e a todos os alunos damos os parabéns pela sua participação e empenho.

Trabalho final da turma 5ºA

Clique na imagem para aceder

Texto do 5ºB

5ºC – “Uma mensagem para Marte”

Sobral de Monte Agraço, 16 de junho de 2021

Olá Marte!

O nosso planeta (Terra), localiza-se na via láctea. Tem muito oxigénio e água, por isso torna-se fácil viver, mas há problemas: terramotos, tsunamis, muitas inundações e poluição. No verão é habitual haverem incêndios que estragam o ambiente todo. Mas há coisas muitos fixes; no inverno é quando estão graus negativos e cai geada, mais precisamente granizo e nas serras normalmente cai neve, e deslizamos em trenós, fazemos guerras de bolas de neve de bonecos neve!

Os seres vivos que existem no planeta são os humanos, os animais e as plantas.

As principais características do ser humano são: anda com os membros inferiores e não respira debaixo de água.

O que nós valorizamos mais, em nós próprios, é a capacidade de raciocinar, força e independência. O que mais nos desilude é o racismo e as pessoas contra a LGBT, pois causam muitos desentendimentos.

Nós somos alunos da escola Joaquim Inácio da Cruz Sobral, somos a turma do 5ª C, vivemos no concelho de Sobral de Monte Agraço, distrito de Lisboa, Portugal. No nosso concelho o que há de mais interessante é o Forte de Alqueidão, e o que mais apreciamos é a comida.

A nossa escola é grande, colorida, bonita e tem muitas plantas. O que mais gostamos nela é que podemos estar com os nossos amigos. O que nos desagrada mais é a escola estar velha e muitas coisas não funcionarem. Gostaríamos de substituir os computadores velhos por novos. Quando estamos na escola gostamos de brincar e estudar, e a nossa disciplina favorita é Ciências, porque é interessante.

A nossa turma é muito barulhenta, mas tem qualidades muito especiais; somos bem educados com todos e somos muito amigos.

Já aprendemos muito nas aulas, mas basicamente não sabemos metade porque as matérias são muito difíceis ao ponto do professor de ciências, ter colocado no sumário do teste, vai ser uma miséria…

Somos todos espertos, na verdade alguns são um pouco esquecidos. Todos temos muita elegância e muitas capacidades especiais, como por exemplo, o Rodrigo Bernardes conseguir falar através da mão como se fosse um telemóvel, etc…

E no vosso planeta, como são as formas de vida? Há animais racionais e irracionais como na Terra? Os marcianos têm animais domésticos?

Existem pessoas no nosso planeta que pensam que vocês são cinzentos, com olhos gigantes e dedos muito longos, é verdade?

Se nós vos chamamos extra terrestres, para vós nós somos extra marcianos? E discos voadores, é assim que se deslocam para fora de Marte?

Gostávamos, mesmo, que pudessem responder a todas estas perguntas e à nossa carta.

Era mesmo muito fixe que houvesse vida em Marte…

                                                                                                                      Adeus ou até já!!!

                                                                                                                      A turma do 5ªC

5ºD – “Uma carta para Marte”

5ºF – Trabalho final

Clique na imagem para aceder

6ºF – “Uma mensagem para Marte”

O ser humano é uma coisa extraordinária,

Uma coisa que nem consegues imaginar!

Tem braços, pernas e cabeça,

Coisas que nos fazem pensar.

Temos olhos para ver,

Mãos para escrever,

Nariz para cheirar,

E boca para saborear.

O ser humano foi criado

Para a terra cuidar!

Para o nosso bem-estar

Não a pode poluir nem estragar.

Nós somos aqueles

que gostamos de sonhar,

E todos vamos, um dia,

Ter o poder de os realizar.

A nossa turma não se pode separar

Uns mais altos, outros mais baixo.

Gostamos de ouvir música,

De jogar no telemóvel e de fazer tiktok.

Somos unidos e todos bonitos!

Um grande grupo de amigos.

Temos muitas alegrias e esperanças

Porque adoramos ser crianças!

A nossa turma é de outro planeta!

Alegre e divertida!

Mesmo tendo alguns conflitos,

É sonhadora e unida.

8ºC – Autorretrato desenhado

A arte de origami

Publicado em Atualizado em

Partilhamos os trabalhos eleitos pelas turmas e realizados pelos alunos – “Origamis alusivos à Pascoa” no âmbito da atividade do Plano Anual de Atividades a propósito do Dia da Matemática.

7º anos

Made with Padlet
Deslocar a régua (abaixo da imagem) para a direita para ver todos os trabalhos

8º e 9º anos

Made with Padlet
Deslocar a régua (abaixo da imagem) para a direita para ver todos os trabalhos

Ensino secundário

Made with Padlet
Deslocar a régua (abaixo da imagem) para a direita para ver todos os trabalhos

Violência no namoro

Publicado em Atualizado em

Trabalho realizado pela turma 8ºG para a disciplina de Português

Clique na imagem para ver e ouvir – modo apresentação

O MUNDO QUE QUEREMOS

Publicado em Atualizado em

Toma a Palavra – Debate de ideias e outras atividades

A atividade de debate Toma a Palavra – dinamizada pelo grupo de Português em articulação com Filosofia e a Biblioteca Escolar, pretende motivar os alunos para a prática de uma cidadania ativa, com o direito à liberdade responsável de refletir sobre temáticas atuais e do seu interesse, numa tentativa constante de concebermos e concretizarmos o Mundo que queremos. Este ano, o assunto que esteve em reflexão foi O Mundo que queremos – (Des)Igualdade de Género (Violência no Namoro). 

Mais do que uma competição, embora os alunos tivessem a oportunidade de manifestar o seu poder argumentativo, o domínio claro, correto e fluente da língua portuguesa, o momento foi, sobretudo, profícuo na partilha de ideias. 

Saudamos a presença, a disponibilidade e o envolvimento dos alunos e das juradas que colaboraram na atividade, a delegada do grupo 300, a professora Graça Oliveira, professora-bibliotecária Lídia Correia, as professoras organizadoras, a professora de Filosofia, Luísa Moras, as professoras de Português, Irina Miranda e Lídia Pinto, e a psicóloga escolar, Aurélia Bernardes. 

Partindo da leitura e análise de textos e obras atuais e/ou da literatura portuguesa em estudo, nos anos de escolaridade envolvidos, os alunos discutiram e debateram o assunto em aula; participaram no inquérito “Respeito é bom e eu gosto” e envolveram-se na sessão com o mesmo nome ministrada pela Psicóloga escolar Aurélia Bernardes e planificada em conjunto com a BE e o PES (direcionada a turmas do ensino secundário – regular e profissional), redigiram textos de opinião, slogans, construíram um Mural com a suas produções escritas e realizaram trabalhos de sensibilização para a problemática. 

Trabalhos de alunos das turmas envolvidas

Deste modo, contribuíram para a sensibilização da comunidade escolar para esta problemática, infelizmente, tão atual. 

  • Uma vez que a Desigualdade de Género não é um fenómeno raro (facto que vários estudos e notícias comprovam). 
  • Porque é alta a probabilidade de jovens à tua volta existirem vítimas deste fenómeno. 
  • Porque se trata de um problema social relevante, pelo enraizamento cultural difícil de combater. 
  • Porque é importante alertar para a gravidade das consequências deste fenómeno (éticas, psicológicas e físicas). 
  • Porque há formas de discriminação e violência que resultam deste fenómeno que passam despercebidas e que parecem ser socialmente aceites.  

Parabéns a todos!

Humor temático (ou matemático)

Publicado em

Para refletir…

“O Pássaro da Cabeça” cantado

Publicado em

Hoje, dia 18 de junho, momentos bem animados na nossa biblioteca. Tivemos connosco o grupo de alunos CEI que o professor Joaquim Ferreira acompanhou e ensaiou ao longo do ano. O grupo de alunos, orientado pelo professor, adaptou musicalmente alguns poemas do livro de Manuel António Pina, O Pássaro da Cabeça. Momento bonito, em que as palavras se conjugaram tão bem com a melodia. Voltem sempre!

O resultado foi muito aplaudido pela assistência.

No final, reservamos ainda um momento para cantarmos juntos os Parabéns à nossa assistente operacional, Vanessa Rosa, e à professora Tânia Sousa.

Falar de Famílias

Publicado em

As professoras Sara Gaspar e Cláudia Mendonça, em articulação com a biblioteca escolar, apresentaram a algumas turmas da escola o livro Vamos falar de … Famílias, de Kathy Gordon. Uma oportunidade para falarmos de diferentes tipos de família, de diversos hábitos e costumes e, sobretudo, da importância de AMAR e RESPEITAR.