Mês: Abril 2017

Dia Mundial do Livro 2017

Imagem Publicado em Atualizado em

Dia Mundial do Livro 2017

A propósito do Dia Mundial do Livro, assinalado no passado dia 23 de abril, desafiamos alguns ex-alunos deste Agrupamento de Escolas, de diferentes gerações e com percursos formativos e profissionais distintos, a darem um breve testemunho da sua relação com os livros.

Manter o contacto com os ex-alunos do nosso Agrupamento e proporcionar a passagem de testemunho destes às gerações mais novas tem sido uma prática comum, que muito nos apraz e orgulha, em diversas atividades promovidas por esta estrutura (Biblioteca Escolar), prática à qual desejamos dar continuidade. Aqui fica, também, registado o nosso agradecimento pela disponibilidade demonstrada e colaboração prestada.

Esta iniciativa, teve ainda, como objetivos: 

Valorizar o nosso Agrupamento/Escola;

Motivar para o conhecimento/estudo/leitura;

Apresentar diferentes percursos vocacionais/profissões.

Testemunho de alguns ex-alunos:

image013

Duarte Pacheco – Economia  (vídeo)

image003

Catarina Sepulveda – Bioquímica (vídeo)

image005

Cláudia Simões – Política Social (vídeo)

image011

Luís Martins – Música (vídeo)

image009

Ruben Martins – Jornalismo (vídeo)

image007

André Almeida – Engenharia Civil (vídeo)

Anúncios

Celebrar a Liberdade

Publicado em Atualizado em

Resultado de imagem para cravos 25 de abril

   Quarenta e três anos depois, cumpre-nos, aos que dele se viram privados e, talvez por isso, mais valor lhe sabem atribuir, como bem adquirido, e aos que dele têm usufruído como bem garantido, continuar a zelar por um valor tão fundamental a todos, a liberdade.

   Acedendo ao convite dirigido pela Assembleia Municipal aos alunos do nosso Agrupamento de Escolas, alguns membros do CLIC (Joana Reis, Mariana Costa, Filipa Bogalho, Matilde Lourenço e Rodrigo Santos) estiveram presentes nesta sessão evocativa, dizendo alguns poemas de José Jorge Letria e Manuel Alegre alusivos ao tema e à efeméride. Participaram também nesta sessão, como convidados, alguns elementos do Clube Sénior Sobral Ativo e alunos da Escola de Música da Sapataria.

Abril de Abril

Era um Abril de amigo Abril de trigo
Abril de trevo e trégua e vinho e húmus
Abril de novos ritmos novos rumos.

Era um Abril comigo Abril contigo
ainda só ardor e sem ardil
Abril sem adjectivo Abril de Abril.

Era um Abril na praça Abril de massas
era um Abril na rua Abril a rodos
Abril de sol que nasce para todos.

Abril de vinho e sonho em nossas taças
era um Abril de clava Abril em acto
em mil novecentos e setenta e quatro.

Era um Abril viril Abril tão bravo
Abril de boca a abrir-se Abril palavra
esse Abril em que Abril se libertava.

Era um Abril de clava Abril de cravo
Abril de mão na mão e sem fantasmas
esse Abril em que Abril floriu nas armas.

Manuel Alegre

25 de Abril

Abril de Sim Abril de Não

Eu vi Abril por fora e Abril por dentro
vi o Abril que foi e Abril de agora
eu vi Abril em festa e Abril lamento
Abril como quem ri como quem chora.

Eu vi chorar Abril e Abril partir
vi o Abril de sim e Abril de não
Abril que já não é Abril por vir
e como tudo o mais contradição.

Vi o Abril que ganha e Abril que perde
Abril que foi Abril e o que não foi
eu vi Abril de ser e de não ser.

Abril de Abril vestido (Abril tão verde)
Abril de Abril despido (Abril que dói)
Abril já feito. E ainda por fazer.

Manuel Alegre

Dia Mundial do Livro

Publicado em Atualizado em

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

   O Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor celebra-se hoje, em todo o mundo. Em Portugal, a efeméride associa-se aos 150 anos da abolição da pena de morte, por proposta da Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB).

   Para assinalar este dia, desafiamos um grupo de ex-alunos deste Agrupamento (de diferentes gerações e com diversos percursos formativos e profissionais)  a darem testemunho da sua relação com os livros ao longo do seu percurso de vida. Eles estão chegando, por isso não poderão ser disponibilizados ainda hoje, mas muito em breve (próxima semana)… São  atualmente, felizmente, pessoas muito ocupadas, daí nem todas terem tido oportunidade de poder corresponder (apesar da boa vontade manifestada), ou de fazê-lo até à presente data. Aguardem! Vai valer a pena e contribuirá, esperamos, para inspirar quem lhes quiser seguir os passos no caminho do conhecimento.

   Entretanto, leiam, leiam muito, sempre…

desde cedo, porque…